Bem vindos!













Bem vindos ao Monster High School! Fique a vontade e se junte com a gente .::Gossip Monster::.
Vectro Graphics




Últimos Assuntos
















O que está acontecendo atualmente em Chernobyl City?
Últimos assuntos
» {Descrição} Hibridos
Sab Dez 26, 2015 8:30 pm por Mackenzie A. Irvine

» {Descrição} Sacerdotes e Sacerdotisas
Sab Dez 26, 2015 8:26 pm por Mackenzie A. Irvine

» Membros da Casa da Vida
Sex Dez 25, 2015 10:10 am por Mackenzie A. Irvine

» {Descrição} FTCS
Sex Dez 25, 2015 10:09 am por Mackenzie A. Irvine

» {Descrição} Transmorfos
Sex Dez 25, 2015 10:01 am por Mackenzie A. Irvine

» {Descrição} Oráculos
Sex Dez 25, 2015 9:55 am por Mackenzie A. Irvine

» [FP]-Alex Mikaelson
Qui Nov 27, 2014 6:43 pm por Convidado

» [FP] Srta. Annie Voguel
Sex Nov 21, 2014 12:05 pm por Convidado

» [FP] Jessica Hans
Dom Out 05, 2014 11:09 pm por Convidado
















Nossa Staff
Passe o Mouse para ver info






MPPERFIL



MPPERFIL



MPPERFIL



MPPERFIL



MPPERFIL



MPPERFIL



MPPERFIL
Nossos Parceiros
















Aqui são nossos parceiros
Parceiros
Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic button

Loft de Daniel Wright

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Loft de Daniel Wright

Mensagem por Convidado em Seg Mar 03, 2014 10:38 pm

LOFT DE DANIEL WRIGHT



Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Daniel Wright em Seg Mar 03, 2014 11:07 pm

Após chegar em meu loft, abri a porta para ela entrar e a mostrei o local.

- Bem... é aqui que eu moro, sintase a vontade. - Dizia sorrindo enquanto fitava seus olhos novamente.

- Então, se você quiser pode descansar na minha cama, fica bem ali. - Dizia apontando para onde estava a cama. - Ah... e não se preocupe, não vou tentar matar você enquanto dorme. - Dizia rindo da minha brincadeira enquanto a fitava, esperando sua reação.
avatar
Daniel Wright
Caçadores
Caçadores

Mensagens : 76
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
XP:
0/100  (0/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Convidado em Seg Mar 03, 2014 11:21 pm

Até que não demorou muito para chegarmos até o loft dele, e era um loft realmente bonito. Nos aproximamos e eu continuava ruborizada, como alguém leva uma estranha para dormir em sua casa, e além disso eu era uma vampira.

Acho que ele também confiava em mim o que me deixava ainda mais feliz por estar em sua companhia. Na entrada ele me cortejou abrindo a porta para que eu pudesse entrar e eu apenas sorri bobamente para ele.

Entrei lá dentro e fitei todo o local, e assenti quando ele me dissera para ir descansar em sua cama, porém não iria fazer isso, não queria que ele me achasse uma pessoa espaçosa.

-Não, tudo bem. Eu me viro aqui no sofá mesmo. Acredite eu já dormi em lugares muito piores. - Rir-me.

Voltei a fitá-lo e rir-me novamente com sua brincadeira, após isso tirei minha jaqueta e a larguei em cima de uma cadeira enquanto eu me sentava com os braços encolhidos no sofá. O fitei serenamente e encolhi os lábios sorridentemente.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Daniel Wright em Seg Mar 03, 2014 11:32 pm

Sorri e me sentei ao lado dela enquanto a fitava.

- Ok, pode ficar aqui se quiser, mas... você vai dormir sentada. - Dizia rindo enquanto a fitava nos olhos, não me cansava de fitar seus lindos olhos verdes.

Me aconcheguei no sofá enquanto continuava a fitando, ela não parecia estar muito a vontade ali, então me virei para ela e sorri.

- Você esta com fome? Se quiser eu posso fazer algo para você comer.
avatar
Daniel Wright
Caçadores
Caçadores

Mensagens : 76
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
XP:
0/100  (0/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Convidado em Seg Mar 03, 2014 11:44 pm

Sorri ao vê-lo se aproximando de mim e rir-me com sua piada sobre eu dormir sentada, olhava em seus lindos olhos castanhos e não me lembrara de sentir algo assim por ninguém, a tão pouco tempo nos conhecemos e parecia que eramos amigos a anos.

-Sim, pode ser. Mas, não quero abusar da sua boa vontade. -Falei calmamente.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Daniel Wright em Seg Mar 03, 2014 11:50 pm

- Não se preocupe, eu gosto de cozinhar. - Disse sorrindo enquanto a fitava.

Tirei minha jaqueta e a joguei no braço do sofá, então me levantei, me espreguicei e olhei nos olhos dela.

- Então... tem alguma coisa em especial que você queira comer agora? - Dizia sorrindo enquanto a fitava e esperava sua resposta.
avatar
Daniel Wright
Caçadores
Caçadores

Mensagens : 76
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
XP:
0/100  (0/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Convidado em Seg Mar 03, 2014 11:59 pm

O fitei se levantar e ele era tão atencioso comigo, ele com certeza me intrigava, mas enfim, o importante é que ele me dava atenção;

-Um rapaz cavalheiro que gosta de cozinhar, acho que você é meu par ideal. - Sorri ironicamente. - Na verdade não. -Falei Sorridente.

Apoiei meu cotovelo no braço do sofá e fiquei mexendo em meus cabelos enquanto o olhava.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Daniel Wright em Ter Mar 04, 2014 12:12 am

Ri ao ouvir-la falando sobre eu ser seu par ideal, então fui caminhando em direção a cozinha que ficava ali perto de onde ela estava.

- Se quiser você pode vim junto, que eu te ensino algumas coisinhas sobre cozinhar. - Dizia rindo enquanto chegava na cozinha e procurava por alguns ingredientes na geladeira.
avatar
Daniel Wright
Caçadores
Caçadores

Mensagens : 76
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
XP:
0/100  (0/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Convidado em Ter Mar 04, 2014 12:21 am

Me levantei ao escutar o seu convite, e pensei em ir já que não gostava de me sentir inútil.

-Pode ser.

Levantei do sofá e caminhei lentamente até aproximo a ele, me escorei no balcão e cruzei os braços esperando ele me dizer o que eu precisava fazer.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Daniel Wright em Ter Mar 04, 2014 12:28 am

Sorri ao notar que ela veio mesmo, pensei que ela ficaria no sofá descansando. Após pegar os ingredientes da geladeira e colocá-los em cima de uma tábua de madeira que havia ali, me virei para ela e a fitei.

- Você... sabe fazer alguma coisa? - Dizia a fitando e sorrindo enquanto esperava a sua resposta.

Enquanto isso, abri uma das gavetas do balcão e peguei alguns talheres que usaria para aquele momento.
avatar
Daniel Wright
Caçadores
Caçadores

Mensagens : 76
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
XP:
0/100  (0/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Convidado em Ter Mar 04, 2014 10:40 am

O fitei e observava o mesmo procurar as coisas para cozinhar algo, e rir-me de sua pergunta. Na verdade e não sabia de nada, eu passei pouco tempo precisando das pessoas, o resto da minha vida eu as hipnotizava para fazer o que eu quisesse.

-Não, infelizmente eu não sei. -Falei em um tom triste enquanto voltava o meu olhar para o chão.

Era  meio estranho estar tendo um dia com uma pessoa, já que meus dias eram sempre vazios e sozinhos, sem muita alegria, o Daniel me proporcionava aquilo que a muito tempo eu não sentia, e meus sentimentos por ele cresciam a cada segundo. Uma grande amizade, eu pensava.

Só que a fome que eu estava começando a sentir não era bem uma fome, já havia algum tempo que eu estava sem me alimentar e não podia ficar perto dele e correr o risco de machucá-lo, afinal não é nada legal sugar todo o sangue do seu primeiro e talvez único amigo. Revirei os olhos e olhei para o relógio.

-Olha já está na minha hora, preciso tratar coisas de vampiro. Mas, obrigada por me trazer aqui. -Proferi rapidamente e com uma sensação de desconforto.

E antes que ele pudesse  me responder eu sai de lá, tinha que ir o mais longe possível dele, não sabia se me controlaria se começasse a sugar o seu sangue e é melhor prevenir do que remediar.

Encerrado.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Daniel Wright em Seg Mar 24, 2014 10:35 am

Coloquei o carro na garagem e peguei Kim no colo enquanto a levava para o meu quarto, coloquei ela deitada na cama, parecia que ela ainda estava desmaiada, tirei minha jaqueta dela e peguei um cobertor para cobri-la enquanto ela estivesse deitada.

Não tinha nada que ela pudesse vestir agora, então teria que deixá-la daquele jeito mesmo, então fui até o sofá e me deitei lá enquanto esperava ela acordar e torcia para que ela não entendesse aquilo tudo de forma errada e pensasse que fui eu quem a capturei.
avatar
Daniel Wright
Caçadores
Caçadores

Mensagens : 76
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
XP:
0/100  (0/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Convidado em Seg Mar 24, 2014 11:01 am

Sentia minha cabeça latejar e uma dor horrivel como se estivesse passado a noite toda bebendo e estivesse como uma baita ressaca, sim, ja havia ficado de ressaca uma vez na noite que minha familia adotiva resolveu fazer uma grande festa pra comemorar meus 18 anos, minhas primas Viola e Meredith fizeram de tudo para batizar minhas bebidas e verem qual efeito elas faziam em mim, esperavam que eu falasse ainda mais que de costume, mas não foi isso ao certo o que aconteceu, eu apaguei e acordei no outro dia como se a casa estivesse caido toda em cima de minha cabeça, meu tio apenas repreendeu ambas, nada de castigo, vai saber, caçadores as vezes eram tão tolos se tratando da familia.

Passo as mãos por meu rosto e sinto meu braço roçar em um tecido fino e abro meus olhos devagar não reconhecendo onde estava, não era minha casa, eu não lembrava de nada na noite anterior, só que tinha ido para o baile e meu carro quebrou na estrada e um homem estava me ajudando a leva-lo novamente para mim casa, fora isso, absolutamente nada.

Me levanto aos poucos quando me sento da cama dou por mim que não estava com roupas de baixo, apenas de sutiã e sem calcinha e me perguntava o que deveria ter acontecido com minhas roupas, havia alguns cortes em meu braço e meus pulsos estavam doloridos como se estivessem sido amarrados forte, nenhuma de minhas roupas estava ali naquele momento, então me enrolo no lençol completamente e começo a caminhar devagar pela casa ainda com minha cabeça latejando até chegar em uma pequena sala e reconheço o cara que se ofereceu pra me ajudar tranquilamente sentado no sofá e fico a sua frente.

- Que diabos você fez... comigo? Você se ofereceu pra me ajudar pousando de bom moço para conseguir me embriagar, me seduzir e me levar pra sua cama como se eu fosse uma daquelas ... Prostitutas do Coliseu? Eu não acredito que pude confiar que existia um bom moço tentando me ajudar, não ha bons moços, aquilo era uma estrada deserta e me lembro sempre que os contos de fadas no fundo tem verdade, a mãe da chapeuzinho disse que não confiasse nunca em estranhos, na verdade foi como eu, eu queria voltar pra casa achando que você fosse um moço querendo me ajudar, mas você era um lobo... - Digo apertando o lençol ao meu redor - Pra sua informação eu não esperava perder minha pureza com um cara como você que eu nem sei o nome, você vai me pagar muito caro por isso... - Disse apontando o dedo pra ele e começo a caminhar novamente em direção ao quarto na tentativa de achar minhas roupas e sair logo daquele local.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Daniel Wright em Seg Mar 24, 2014 11:16 am

Já estava quase dormindo ali no sofá de tanto esperar ela acordar, então escuto um barulho no quarto e imagino que ela havia se levantado, continuo sentado a esperando, quando a vejo se aproximar de mim com o lençol enrolado no corpo dela.

Ficava a fitando quieto e completamente parado ali onde estava enquanto escutava ela falar, tinha medo de ela acabar tentando me atacar por eu ser o "lobo". Continuava a fitando e quando pensava em falar algo ela continuava falando como se não fosse parar nunca. Quando ela finalmente parou de falar e caminhou até o quarto eu me levantei e a segui devagar.

- Calma... você entendeu errado, eu sou mesmo o... bom moço como você diz... e tinha uns caras maus que tentaram fazer coisas ruins com você e eu só salvei você deles... - Dizia um pouco enrolando, me sentia como se estivesse falando como uma criança agora. - E... bem... não fique braba mas... suas roupas foram rasgadas... e não estão aqui... e eu acho que seu carro esta estregado naquela estrada ainda... mas tirando isso esta tudo bem.

Dizia a fitando parado ali onde estava com um pouco de medo de qual seria sua reação.
avatar
Daniel Wright
Caçadores
Caçadores

Mensagens : 76
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
XP:
0/100  (0/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Convidado em Seg Mar 24, 2014 11:46 am

Ele vem atras de mim e começar a falar um tanto enrolado e levo as mãos a cabeça voltando a fita-lo e respiro fundo.

- Eu não me lembro de nada cara, to aqui na sua casa agora e acordei com minha cabeça querendo explodir como se estivesse passado a noite bebendo e acordo completamente, quase nua em sua cama, quer que eu acredite que uns caras me raptaram, tentaram me violentar e você me salvou, me cobriu de alguma forma, me põs na sua cama me cobrindo e saiu, cara eu to sem calcinha, completamente sem calcinha, minha cabeça esta doendo e meus pulsos estão doendo como se estivesse sido amarrados, o que posso concluir é que me embriagou, me amarrou e fez o que quis comigo sem se importar se eu estava me guardando para uma pessoa que eu amasse um dia, até um futuro esposo, eu penso nisso, penso todo santo dia, por que eu queria, pode não ser importante para uns, mas para mim era e você acabou estragando tudo.

Digo enquanto limpo meu rosto e começo a revirar a cama a procura de alguma peça de roupa minha e acho uma de suas jaquetas do ado da cama e a seguro me vestindo nelas, ele cobria meu quadril e era quente, pelo menos daria pro gasto e começo a revirar seu guarda roupa e pego uma de suas cuecas, aquelas box que parecia um short e a visto ali deixando o lençol cair.

- Se não se importa...é o minimo que posso tirar de você depois do que tirou de mim

Digo pisando fundo em direção a sala novamente.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Daniel Wright em Seg Mar 24, 2014 11:58 am

A fitava enquanto el pegava minhas roupas e as vestia, ela parecia estar um pouco irritada e quanto mais eu tentava acalmá-la, mas braba ela parecia ficar, tinha vontade de usar minha persuasão de uma vez para fazê-la acreditar em mim, mas achei melhor não por enquanto, então a vejo indo caminhar até a sala e dei uma risada de canto quando ela pensou que eu havia violentado ela.

- Olha só... por que você não se acalma um pouco e tenta falar um pouco menos? É sério o que estou falando, você não deve se lembrar porque devem ter drogado você ou fizeram algo para você se esquecer, mas é verdade que eu ajudei você... mesmo você estando na minha cama... com as roupas rasgadas... sem calcinha... e se sentindo dolorida... - Dizia pensando em tudo o que falei e realmente eu parecia ser o cara mau da história e não sabia o se poderia fazer algo para ela acreditar em mim. - Mas é sério... eu não tirei nada de você e os caras que te raptaram não chegaram a fazer coisas... ruins com você. Então pode se acalmar e devolver minhas roupas... - Pensei novamente no que havia falado. - Quer dizer... pode ficar com elas... até você achar as suas...

Disse enquanto a fitava e pensei em tudo o que eu disse e imaginava que nunca havia falado tanto na minha vida, será que eu fui contagiado pela tagarelice dela?
avatar
Daniel Wright
Caçadores
Caçadores

Mensagens : 76
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
XP:
0/100  (0/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Convidado em Seg Mar 24, 2014 12:10 pm

Ele me acompanha novamente e começa a tentar se explicar com a mesma histora de antes, eu não sabia o que pensar, todas as coisas me levavam apenas ele ser o culpado e aquela historia que tava tentando me explicar parecia mais ser conversar pra boi dormir.

- Por quê continua a insistir nessa historia completamente tosca? Por quê me raptariam, eu estava sem carro, sem dinheiro, eu não tinha nada para me roubarem, nada, eu não sou nenhum princesinha rica da região, certo que podiam tentar me violentar, mas por que sentindo? Apenas para me fazer o mal? Isso não faz sentido cara e vai me pagar caro por isso, eu queria poder usar de alguma forma meu dom pra fazer tu calar a boca e deixar de insistir nessa historia sem sentido...ou seria divertido fazer com você como uma certa bruxa fez com um cara e o transformou em sapo por que sei que do jeito que você até as sapas correriam de você.

Me jogo no sofá tentando aliviar a dor de cabeça na qual sentia, cada palavra que eu falava ela latejava ainda mais e tinha vontade apenas de sair dali, quando dou por mim meu colar havia sumido, o fito, claro, fazia sentindo agora, uma jovem indefesa, embriagada, violentada e roubada, bem, parecia não ser minha virgindade a unica coisa que roubou.

- Você é mesmo um...

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Daniel Wright em Seg Mar 24, 2014 12:20 pm

Continuava apenas a fitando enquanto ela dizia tudo aquilo, não sabia mais o que dizer para que ela pudesse acreditar em mim. Então, novamente disfarço uma risada quando ela fala sobre usar seu dom.

- Tenta pensar um pouco, você acha mesmo que se eu tivesse feito alguma coisa com você eu iria deixá-la na minha casa, deitada na minha cama e desamarrada com a janela aberta ainda? - Dizia mentindo, meu quarto nem tinha janela, mas acho que ela não havia notado isso. - E se é pra usar dom eu posso usar o meu agora, e aposto que você iria implorar para que eu parasse se eu começasse a usar meu dom aqui. - Dizia a fitando sério e mentindo, afinal na verdade nenhum de meus dons poderiam ser usados para atacar.

Quando a vejo cair sentada no sofá vou rapidamente para perto dela e fico na sua frente com os joelhos flexionados ali enquanto a fitava.

- Você esta bem? Se quiser eu posso trazer algo pra você comer ou tomar... - Dizia enquanto a fitava ali na minha frente.
avatar
Daniel Wright
Caçadores
Caçadores

Mensagens : 76
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
XP:
0/100  (0/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Convidado em Seg Mar 24, 2014 12:29 pm

O fito ficar na minha frente e não importava o que estava falando, parecia que não mudava nada para ele, então deixo ele falar vou até a Porta, ela estava aberta, as outras portas da casa tambem, no seu quarto não havia janela, mas um que tinha também estava aberta, sem contar a porta dos fundos tambem e volto onde estava ficando em pé na porta o fitando ali na frente do sofá.

- Ok, vou lhe dar uma chance de explicar tudo que está acontecendo, desde quando me achou até agora, se não conseguir me convencer eu saiu por aquela porta e entro na primeira delegacia que encontrar aberta e faço um queixa que me sequestrou, me drogou e me violentou logo em seguida, conseguira uns dias na cadeia, talvez alguns anos e espero não sair tão cedo, por que se sair, pode apostar que meu irmão não vai ficar tão satisfeito com o que fez.

Digo cruzando os braços enquanto vou em sua direçãoe me sento no sofá o fitando séria.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Daniel Wright em Seg Mar 24, 2014 12:43 pm

Ela e levanta e vai até a porta, dizendo que se eu não convencesse ela agora, ela iria ir para a primeira delegacia que achasse e iria fazer queixa de mim. Ótimo, agora comecei a ficar sério, eu não iria pra cadeia de jeito nenhum ainda mais por algo que não fiz e também não seria legal se eu me tornasse um fugitivo.

- Ok... me espere aqui. - Disse e fui até meu quarto, peguei minha jaqueta e a vesti, sabia que seu colar estava no bolso da jaqueta, iria tentar explicar tudo para ela, caso ela não acreditasse a mostraria o colar como uma última tentativa. Voltei para onde ela estava sentada e fiquei abaixado na sua frente assim como estava antes.

- Eu estava dirigindo a estrada e encontrei você caminhando descalça na chuva então, decidi ajudá-la e você me disse que seu carro estava um estragado, e quando eu desci para pegar uma corda e amarrar seu carro no meu você havia sumido, foi raptada por três caras que colocaram você em uma charrete e te deram algo pra fazer você dormir ou desmaiar, sei lá... Quando e consegui alcançar a charrete, eu fiz os três caras desmaiarem e achei você lá, mas você estava... an... nua, e suas roupas estavam rasgadas então eu trouxe você pra cá. - Finalmente terminei de contar a história e parei pra respirar um pouco enquanto a fitava.

- Então... acho que não precisa mais falar com a polícia sobre isso né? - Digo a fitando enquanto ela continuava ali me olhando séria.
avatar
Daniel Wright
Caçadores
Caçadores

Mensagens : 76
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
XP:
0/100  (0/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Convidado em Seg Mar 24, 2014 1:00 pm

Suspiro enquanto fito por algum tempo, podia ser verdade, mas o que não me encaixava era por que fariam aquilo comigo, eu estava sem grana, sem nada...

- O que não consigo entender é por que me sequestrariam, eu não tinha nada, como você disse meu carro continuou lá quando você saiu atrás de mim, então por que se sequestrariam, eu não tinha nada para eles, se você sabe que não fizeram nada comigo então por que tô sem roupa, por que queria me violentar e não fazer absolutamente nada comigo, não entende? Eu não consigo entender, tudo sempre aponta pra você que fez tudo isso comigo...

Coloco as mãos nos rosto e fico me perguntando o que realmente teria acontecido, por que fizeram aquilo ou ele, eu não sabia, minha cabeça estava confusa demais e dava mil e uma voltas ainda com o efeito do que me deram ou ele me deu...tava tudo tão confuso.

- Eu perdi colar, aquela era uma reliquia de meu passado, da minha verdadeira familia que na verdade eram bruxos, eu sou uma bruxa e fui criada com um casal de caçadores, eu não sei por que minha familia se livrou de mim, mas descobrir a pouco tempo que meu irmão na verdade era meu professor e aquele colar...possue dons de artes proibidas nas quais foram banidas e proibidas de se usar, quem possui o colar tem acesso ao poder e eu nunca os usei...

Ficava me perguntando onde estava aquele colar, se no fundo a historia dele pudesse ser verdade e se os sequestradores soubessem do tal poder e por isso me raptaram para pegá-lo, seria uma pessoa muito proxima e conhecedora da historia dos Lorax, pois apenas os bruxos do clã e clãs proximos sabiam da existencia de tal poder, que podia ser usado tanto para ficar invencivel como destruir, as artes não usadas com sabedoria e muito treinam chegam a matar o usuario e quando isso acontece, nem sua propria alma escapa.

O fito por um instante me perguntando o que ele seria, se era um bruxo, ele podia ter feito isso para me tomar o colar, como ja havia conseguido o que queria poderia ter deixado tudo aberto e o escondido, assim não desconfiaria que o mesmo tomou meu colar.

- Por acaso foi você quem roubou meu colar? - pergunto o fitando de forma séria.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Daniel Wright em Seg Mar 24, 2014 1:12 pm

Continuo como estava a fitando ali sentada, então ela pergunta sobre seu colar e se foi eu quem havia o roubado, pensei então que se eu mostrasse o colar para ela agora, ela pensaria que foi eu quem o roubou, mas não seria uma boa ideia mentir sobre isso agora.

- Então... eu estou com o seu colar... mas por mais incrível que pareça... não foi eu quem o roubou... - Disse enquanto tirava o colar do meu bolso e mostrava para ela, porém não iria entregar para ela. Notei que aquilo parecia ser algo muito importante para ela, então coloquei o colar de volta no bolso e a fitei.

- Eu posso devolver o colar pra você... mas primeiro eu tenho que me sentir convencido de que você irá acreditar em mim e de que não fará nenhuma queixa para ninguém. - Disse enquanto ativava minha telepatia e começava a ler seus pensamentos para saber se ela iria mentir ou não.
avatar
Daniel Wright
Caçadores
Caçadores

Mensagens : 76
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
XP:
0/100  (0/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Convidado em Seg Mar 24, 2014 1:24 pm

Na verdade de certa forma parecia que ele estava mesmo falando a verdade e se me raptaram mesmo podia ter sido na esperança de pegar o tal colar e como resisti podiam ter me dado algo para que ficasse inconciente e o tirassem de mim, me amarrasse e fizessem o que queria, de certa forma agora olhando para Daniel ele não parecia ser um cara no qual faria aquela especie de coisa comigo, me sentia sim um pouco culpada disso e suspiro.

- Ok, tudo bem ta? Me desculpa ter desconfiado de você...é so que é muito confuso pra mim, eu descobri a pouco tempo que tive uma familia verdadeira que não foi a que me criou realmente e que eu não era uma caçadora, na verdade eu sou uma caçadora por meus pais terem me criado como uma, mas na verdade sou filha e membro de um clã de bruxos poderosos e antigos que por muito tempo lutaram para provar que sua magia estava sendo usada apenas para o bem, por isso o colar é tão importante pra mim, foi passado por gerações na familia para os herdeiros que achavam tem potencial graças a boa intuição que tinhamos...mas a minha acabou por falhar nesse momento então, me desculpe por ter pensando algo ruim de você e ...fico feliz de ter perdido apenas minha calcinha e não minha virgindade junto e... - ruborizo um pouco ao dizer aquilo e toco seu ombro o afagando devagar - Obrigada por me salvar e no final eu conseguir ver que estava culpando o lobo errado...ainda existem lobos bons no mundo

Sorri de canto

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Daniel Wright em Seg Mar 24, 2014 1:32 pm

Enquanto lia seus pensamentos, consegui notar que ela estava mesmo falando a verdade, então novamente tiro o colar do bolso enquanto a fito sorrindo, para falar a verdade ela falou tanta coisa que depois de "caçadora" eu não consegui prestar atenção em mais nada.

- An... que bom que acredita em mim. - Sorri - E desculpe por ler seus pensamentos agora a pouco... -

Sorri de novo e estendi o braço com o colar até ela para que ela pudesse pegar o seu colar.
avatar
Daniel Wright
Caçadores
Caçadores

Mensagens : 76
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Personagem
HP:
100/100  (100/100)
MP:
100/100  (100/100)
XP:
0/100  (0/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Convidado em Seg Mar 24, 2014 2:12 pm

Lancei a ele um olhar de repreensão quando me disse que havia lido meus pensamentos e o evitei de xingar ja que não poderia saber se ele ainda estava lendo meus pensamentos ou não e apenas estendo minha mão para pegar o colar que quando o metal frio entra em contato com minha mão, mil pensamentos invadem minha cabeça, eu não conseguia me mexer.

Não parecia ser naquela década, parecia ser a anos atrás, um vasto jardim com algumas rosas pequenas, não muitas, mas o suficiente para colorir um pouco a grama verde de local, calmo...não exatamente, o ar parecia estar carregado de mais e sentia cheiro de morte misturado ao cheiro de polvora.

- William!? - Uma mulher em trages um pouco modestos segurando as laterais de seu vestido para que não tropeçasse nele começava a correr, seus cabelos em belas ondas acobreadas caem sobre seus ombros e mesmo lhe julgando por suas roupas parecia ter uma grande pose de uma garota filha de um Barão, que tenha tido uma boa vida, sua pele branca destacava as maças ruborizadas lhe entregavam aos simples momentos que sua mente desfrutava naquele momento, mas a curva que seus lábios rubros demonstravam naquele momento não era de tanta felcidade, na verdade havia um sentimento presente naquele instante diferente de admiração ou amor, medo, seus olhos tambem o mostrava, a forma que seu corpo parecia se mover o mais rápido possivel para evitar o inevitável.

Ela alcança a quem chamava e o abraça forte como se um Adeus estivesse subtentido ali e ela não queria nem em algum instante acreditar que estaria por dizer aquilo na forma que o abraçava, uma lágrima escapa de seus olhos deslizando e moldando suas bochechas levemente vermelhas, o que o olhar poderia dizer naquele momento se não havia o que dizer?

- Não passará apenas de medo bobo? - Pergunta ela enquanto ainda estava envolvida nos braços do homem que vendo melhor seu rosto os traços lembravam claremente os de Daniel, a forma que olhava, a postura que usava quando se aliviava...Ele fecha os olhos mais forte se agarrando a ele como se fosse um fio de esperança ou o ar que escapava por seus pulmões naquele instante, ele desliza seus dedos por um instante em algumas ondas de seus cabelos antes de se afastar e fitava tentando parecer o mais convicto que podia.

- Nunca quebraria nossa promessa Isabelle - Foi tudo que ele falou antes de selar seus lábios por um breve instante e a soltar indo em direção ao portão principal, mas algo estranho acontece, um som de um tiro acaba por me espulsar fazendo meu peito se encher de dor.


Eu não sabia realmente o que podia ter acontecido, eu não reconhecia como aquelas lembranças acabaram me invadindo, eu ja havia tocado no colar diversas vezes e nunca havia visto algo pareciado, era como se todas aquelas lembranças estivessem presentes nele o tempo todo e nunca se revelaram para mim antes, ficava me perguntando o por que agora.

Teria a ver com o Daniel também?

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft de Daniel Wright

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum