Bem vindos!













Bem vindos ao Monster High School! Fique a vontade e se junte com a gente .::Gossip Monster::.
Vectro Graphics




Últimos Assuntos
















O que está acontecendo atualmente em Chernobyl City?
Últimos assuntos
» {Descrição} Hibridos
Sab Dez 26, 2015 8:30 pm por Mackenzie A. Irvine

» {Descrição} Sacerdotes e Sacerdotisas
Sab Dez 26, 2015 8:26 pm por Mackenzie A. Irvine

» Membros da Casa da Vida
Sex Dez 25, 2015 10:10 am por Mackenzie A. Irvine

» {Descrição} FTCS
Sex Dez 25, 2015 10:09 am por Mackenzie A. Irvine

» {Descrição} Transmorfos
Sex Dez 25, 2015 10:01 am por Mackenzie A. Irvine

» {Descrição} Oráculos
Sex Dez 25, 2015 9:55 am por Mackenzie A. Irvine

» [FP]-Alex Mikaelson
Qui Nov 27, 2014 6:43 pm por Convidado

» [FP] Srta. Annie Voguel
Sex Nov 21, 2014 12:05 pm por Convidado

» [FP] Jessica Hans
Dom Out 05, 2014 11:09 pm por Convidado
















Nossa Staff
Passe o Mouse para ver info






MPPERFIL



MPPERFIL



MPPERFIL



MPPERFIL



MPPERFIL



MPPERFIL



MPPERFIL
Nossos Parceiros
















Aqui são nossos parceiros
Parceiros
Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic button

Loft Bracho

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Seg Jan 14, 2013 3:11 pm

Relembrando a primeira mensagem :


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 1:34 pm

O puxei para meu Loft. Abrir a porta, e deixei que ele entra-se, fui até o armario.
Peguei o wisky e servi em copos para ambos.
Enquanto isso tirava minha roupa.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 1:36 pm

Mordi os lábios ao perceber suas curvas bem definidas. - És um tanto bela senhorita.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 1:43 pm

- Um tanto? Sou divina!
Dei-lhe um copo.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 1:47 pm

Reviro os olhos e tomei o copo a mão dei um bom gole e sentei-me ao sofá, pousei o copo em minha perna e fiquei a observa-la.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 1:51 pm

Espero que ele se sente, e tomo em um so gole todo o conteúdo do copo.
Exbolso um sorriso para ele, e chego até mais perto dele, e chego perto de morde-lhe os lábios, mais vou para longe, e começo a descer ao chão lentamente com um movimento sexy.

Depois disso, tocava meu corpo, sentindo-me. Para dar-lhe jeito.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 2:08 pm

Apreciava a forma como tocava em si, deixava-me mais excitado ainda, já me era linda, ainda tinha seus truques.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 2:11 pm


Chego mais perto, e sento em seu colo, beijando seu pescoço, distribuindo leve mordidinhas.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 2:14 pm

Mordo meu labio com força para evitar um gemido precoce. Entrelaço os dedos a seus cabelos castanhos e levo seu rosto para mais perto do meu, faço a erguer o rosto e lhe mordo o queixo.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 2:19 pm

Ele geme, o tadinho seria facil de mais.
Ela pensa enquanto ele se mexe para ter-lhe. Ela rasaga sua blusa.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 2:21 pm

Vejo-a rasgar minha blusa. Arqueio a sobrancelha e curvo meu rosto beijando-a

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 2:24 pm

Ele beija minha boca, seu beijo era bom, doce, quente maléfico. Sentia seu veneno escorrer para minha boca.

Meu coração bateu um tanto quanto mais forte. Segurei seus cabelos puxando. Ele era lindo, seus olhos castanhos me deixavam em êxtase, claro que nunca ia contar-lhes sobre isso.

Mais ele poderia ver me alma se quizesse e isso nem o propio deus do "amor" havia conseguido.

Ainda em meio a beijo,mordo seus lábios de forma doce, ou não. E faço um carinho em seu rosto.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 2:27 pm

Seu corpo parecia se ajustar perfeitamente ao meu e cumpria bem as necessidades do mesmo, acaricio suas pernas ao mesmo tempo em que volto a beija-la, havia gostado da sensação.

Seu toque me causava arrepios, podia levar a mim o que sentia a sua alma, era como conhecer cada gota de seu sofrimento. Diria mais, sentia-me responsável por curar qualquer insatisfação que trajasse o seu peito.

Por um momento imaginei seu rosto triste, a reivindicar um pouco de diversão, foi neste instante que meu peito chorou clamando para que jamais tais pensamentos se tornassem reais . Em meio a confusão montada em minha cabeça volto ao ambiente onde estava, sua sala, e vejo que ela me fitava sem entender o porque da confusão expressa em mim.

Torno a acariciar-lhe o rosto conferindo se estava bem, sentia-me responsável por isto agora, não só por seu bem estar físico mais tambem psicológico.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 2:40 pm

Seu rosto me parecei trágico, perdido em meio a pensamentos.
Fiquei a fita-lo sem compreender, depois seu olhar volta a mim, e me tirava um grande suspiro, ele acolhia minha alma. Desejando um amor que jamais tive, nem por minhas própias filhas.

Ainda o fitando e acariciando, sinto as suas caricias em meu rosto, no qual mexo para senti-las mais. Sua mão era quente entrava em contraste coma frieza do meu coração...

Como podia? Me deixar assim? Como , era mais veloz que um pensamento, queria fazer dele parte de mim.

Como podia expressar a.. aquilo, se nunca havia sei la... dado a parecer isso ai.

Levo minha boca a dele, deixando que explodisse meus sentimentos.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 2:49 pm

Pude sentir cada setilha de emoções trazidas a mim por seu beijo, criara em mim agora razões para um viver sem ódio, logo eu que jamais desejara prosseguir sem tal.

Desejava-me unir a ela não só carnalmente, mas queria também que seu espirito e coração me pertencessem, por que de alguma forma, imprevisível a mim, meu ser e minha alma já lhe eram entregues.

Suspirei pesadamente sem abandonar o beijo, afinal, se aquilo me preenchia e me fazia sentir unico porque o abandonaria? Rendido já estava por ela, não por seu corpo, por ela. Sim, que Alice era linda estava mais que provado, mais de alguma forma, algo mais atraia-me naquela mulher, não sei se seriam suas palavras ou manias, talvez apenas a sua forma de sentir.

- Perdoa-me, sinto algo errado, quer dizer... Errado para nós, demônios.

O que me parecia certo ante tornou-se pecado, e o amor, este amor já tão solido me parecia ideal, mesmo que do nada, mesmo que sem razão.

Jurei ao meu ser então que pela vida dela eu daria a minha, e que faria dela um motivo maior para seguir a vida, mesmo que sem mal, mesmo que sem vitimas.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 2:57 pm

O beijo me trazia, paz, sim uma paz de espirito, algo bem melhor que matar alguém.

Tocava seu cabelo, nunca havia sentido tal amor em meu peito.

O mesmo que doia tentando expulsar o sentimento, o meu coração de anja já estava mais do que perdido, mas, mais agora ele estava saindo das pedras voltando a bater lentamente.

E aqueles olhos castanhos eram deles que viam o tal que desempedrou o meu coração.

Podia sentir todo o desespero das almas mortas, pórem, voltando a fixar meu olhar no seu.
Nada mais doia, que dizer, o coração ainda reclamava, sentia frio. Um frio de mais de quinze gráus abaixo de zero. Pisco o olho ao sentir que ele largava-me.

Balanço a cabeça e saiu do colo dele assustada.

" Não não!! Alice volte ao normal, deixas-te tuas duas filhas para ninguém cuidar sinta isso és má não existe amor em teu coração e nunca podera existir. Por isso caiu. Invejosa, soberba. Maldosa. É isso que é!"

Algo de mim , sim, minha mente me gritava isso, e de certa forma, eu gostava ... gostava dos elogios, mais por agora queria apenas sentir novamente o beijo dele. E lhe ser fiel.

Mais eu estava avariando.

- Sim! Acho que estou a pegar um gripe!


Dei-me as costas me aquecendo com meus braços.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 3:11 pm

Sinto um vazio a se apossar de meu peito, parecia-me que ela queria evitar a qualquer custo tal sentimento, e eu também faria assim, se este não me causasse tamanho bem.

- Sente frio?

Pergunto levantando-me e aproximando-me a ela, pouco ligava para o que ela pensasse agora, mais prometi a mim mesmo protege-la de todo mal, e se por hora este mal fosse o frio eu a curaria dele.

Toquei seus braços lentamente e dei mais um passo até que nossas peles já se tocassem outra vez, abracei-a junto a meu corpo aninhando-a . Queria ve-la bem, tirar um sorriso de seu rosto era tudo o que eu precisava agora.

Afago seus cabelos tentando mante-la ali, perto de mim, sem hesitação ou medo de que não houvesse concórdia no pensamento dos dois.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 3:21 pm

Não ousei responder se sentia alguma coisa.

Pela primeira vez o silêncio era a melhor resposta.

"Mais que inferno se passa contigo? Conosco?"

Minha mente me acusava de tal modo que queria sair correndo, ou melhor bater minha cabeça contra a parede até ela parar.

Arrancar meu coração do peito.

Levo minha mão vagarosamente até o peito, quando ele vem até mim.

Abraça-me, acolhe-me.... sinto vontade de gritar certas palavras.

Eu o queria. Mais não podia.

Queria!!

Mais não Podia!!

Mais queria!!

Porém não podia!

Minha mente viajava sentindo o calor que ele me transmitia. No impétuo. Toco seu rosto, ainda que por um momento.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 3:29 pm

Era perceptível o pavor estampado em seu silencio, mais pra mim tambem era visível que ela correspondia o que eu sentia.

Afago seu rosto por mais uma vez, torcendo para que jamais fosse a ultima e uno novamente nossos labios, sinto-me disperso ao tornar a provar de sua boca, inebriava-me de paixão. Paixão, seria isto? Não, oras! Eu? Um Demônio apaixonado? E tão derrepente? Era mais, muito mais que isto, era aquilo que intitulavam amor, aquilo arquear meu peito gritava repudio, e agora clamava por misericórdia, clamava que fosse correspondido, porque, sentir aquilo era novo, especial, e agora parecia-lhe tambem essencial, como se se, tal amor sua alma não passasse de cinzas, que seriam lançadas ao nada ao primeiro vento que lhes soprasse. Seu doce misturava-se a amargura de seu silencio, mais fazia-me bem ainda assim. Preferia morrer a não ter seu sentimento .

Não deixo de beija-la, aquilo me tornava um novo homem, talvez o homem pelo qual tanto batalhara para ser, e agora, sem esforços ela me mudara, arrancando o medo de meu peito. Meu amor... queria chama-la assim, não apenas intitulando-a amor, mais tambem chamando-a de minha. Era o que eu queria que fosse, minha, minha mulher, a mulher pela qual valesse a pena abandonar tudo para um novo, para um sentir novo. Satisfazia-me o simples fato de te-la naquele momento junto a mim. Estava eu disposto a cumprir estes preceitos, por ela, por este amor.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 3:36 pm

Nos olhavamos de modo a corresponder o amor que guardavamos em algum lugar.

Talvez não fosse o fim para nós.

Ele busca meus lábios, e eu aceito a sua busca, beijando-o com o amor que guardava em minha alma. O que nunca havia ousado dar. Suas caricias completava-me de uma forma louca.

Desço minha mão ao seu peito. Onde estava o coração de um demônio.

Senti-o bater forte, assim como o meu, nossos corpoes estavam proximos querendo fundi-se em um só.

Bem, eu .. eu poderia ser má, mais com ele, com ele ou melhor sem ele nada mais fazia sentido.

Olhava minha vida, bem... havia deixado minhas filhas, e o que poderia haver lá fora para mim?

SEXO? SEXO?

Não, agora por ele renegaria isto para ter somente com ele.

Seus olhos me mostravam total sinceridade. Isso era bom, isso acolhia-me a alma.

Queria pertence-lo para sempre, e queria que ele me pertence-e. Ter flhos com ele, talvez pegar minhas meninas para mim novamente.

Gemi de prazer e felicidade entre beijos.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 3:43 pm

Tomo-a no colo e subo as escadas, havia uma cama ali em cima, pareceu-me conveniente.

Nossos lábios permaneciam a saciar um ao outro, minha sede por suas caricias parecia-me sem fim.

Queria fixar meus laços aos dela, te-la para um sempre infinito, formar uma família.

Deito-a na cama sem deixar de beija-la. Sorria a cada palavra que seu coração parecia sussurra-me .

Queria poder dar-lhe o bem, ou mais que isto, queria ser seu homem. Não era pedir muito, era?

Afago seu rosto ainda se,largar seus labios, eu precisava deles, implorava por eles.

- Amo-te

Disse já sem conseguir conter as palavras que surgiram de meus lábios como as gotas que caem das nuvem, regando o solo, o solo parecia-me meu coraçao, seco e sem vida, agora cheio, pulsante, amando.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 3:51 pm

Ele me pega em seu colo, me levando até o me "quarto".

Subiamos as escadas, ou melhor, ele subia as escadas, enquanto me carregava e beijava-me.

Sentia que ali meus lábios ficavam mais confortaveis. Como se não pudesse tira-los dali.

Não, não podia tira-los dali.

Ele deita-me em minha cama, onde ainda nos beijavamos, meu folêgo não faltava. Eu não precisava de ar. Precisava do seu corpo junto ao meu.

Meu corpo, meu coração, cada centimetro de mim clamava por ele.

A maldade ainda pertencia a minha vida.

Mais a bondade de um amor assim pertencia-me mais ainda.

Quando soltamos nossos lábios, senti o imenso frio dentro de mim, como se meu coração estivesse prestes a se quebrar porém foi aquecido com palavras.

Amar?

Amava-me?

"COMO UM DEMÔNIO PODE AMAR... ELE ENGANA-TE"

Minha cabeça zuava meu ser.

Mentalmente balançava minha cabeça, nos amavamos?

Podiamos??

Podiamos?? Sera?

Se meu coração sentia-se dessa maneira, se isso não ffosse amor, não era mais nada.

- Am... a.... am.. o Amo você!

As palavras sairam rasgand-me.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 3:58 pm

Ofereço um sorriso a ela, ela me amava, isto fez com que cada parte de mim gritasse de felicidade.

Nossos labios se encaixavam bem, e assim fariam incansavelmente pois pertencia-se agora, como o reflexo da lua pertence ao mar.

Carregava o fardo de milhares de mortes, mas naquele momento tornava-se nulo o mal resguardado em mim. Queria viver aquele momento, não só estes, mais a partir dali todos, e todos com ela.

Amava-me, ela me amava. As palavras de Alice circulavam em minha mente fazendo com que cada centímetro de meu corpo voltasse a fervilhar.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 4:11 pm

Nosos lábios voltaram a se unir causando-me calafrios.

Minha mente rodava, uma parte agradecia pelo seu amor.
A outra detesvava e me fazia querer odia-lo.

Mais que Hades tenha pena de mim, porque so conseguia dar atenção ao meu coração.

Pela primeirava vez agradecia a Afrodite por ter me dado um fruto tão doce.

Até mesmo ao Eros, o pai da minha pequena Hédone.

Afasto seus lábios do meu rapidamente.

- Não quero deixar de ser má, quero ter-lhe e ser má. Ser contigo!

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 4:14 pm

- Desde que contigo nada mais me importa. - Murmuro com o olhar fixo ao dela.

Era verdade, nada mais importava, agora era so ela.

Mal ou não seria com ela, amando-a. Sem dizer que a ideia de maldade atraia-me, com ela entao, não tinha como dar errado.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 4:20 pm

O puxei para mais perto do meu coração, a procura também de suas calças para desabotoa-las.

Queria ser completamente dele.

E dessa vez um filho desejado.

De especies certas.

Oh tolices. Rir-me tocando devagar.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Loft Bracho

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum